Seguidores

Alô queridos!!!

Alô queridos!!!

sexta-feira, 17 de abril de 2009

Psicomotricidade

Por Vania Maria Cavallari <vmcavallari@hotmail.com>
Video -Artigo
http://www.sabertv.net/view/226/video-artigo-psicomotricidade/

2 comentários:

ॐ Nαтн disse...

Bom dia !!!

Legal o site!
Gostaria de saber de qual forma uma intervenção ou pesquisa em psicologia do esporte pode ter relação com a psicomotricidade.

Obrigada!! :)

Eliane Jany Barbanti disse...

Olá ॐ Nαтн,
A psicomotricidade pode ser definida como a ciência que tem como objeto de estudo o homem através do seu corpo em movimento e em relação ao seu mundo interno e externo.
A psicologia do esporte estuda o comportamento humano dentro do contexto esportivo
A psicomotricidade está relacionada ao processo de maturação, onde o corpo é a origem das aquisições cognitivas, afetivas e orgânicas. É sustentada por três conhecimentos básicos: o movimento, o intelecto e o afeto.
Psicomotricidade, portanto, é um termo empregado para uma concepção de movimento organizado e integrado, em função das experiências vividas pelo sujeito cuja ação é resultante de sua individualidade, sua linguagem e sua socialização.
Já a Psicologia do Esporte estuda os fatores que influenciam e são influenciados no contexto esportivo especificamente.
O Psicomotricista
É o profissional da área de saúde e educação que pesquisa, avalia, previne e trata do Homem na aquisição, no desenvolvimento e nos transtornos da integração somato-psíquica e da retrôgenese.
Quais são suas áreas de atuação?
Na psicomotricidade as áreas são: Educação, Clínica, Consultoria, Supervisão, e Pesquisa.
No caso da Psicologia do Esporte das práticas de atividade física que visam ou deveriam visar a saúde dos praticantes como meta principal (esporte escolar, reabilitação e lazer), a concatenação da intervenção psicológica com a prática em si parece fácil e natural. No caso do esporte de rendimento esta conjunção não é tão simples assim.
Qual a clientela atendida?
Na psicomotricidade:
Crianças em fase de desenvolvimento; bebês de alto risco; crianças com dificuldades/atrasos no desenvolvimento global; pessoas portadoras de necessidades especiais: deficiências sensoriais, motoras, mentais e psíquicas; família e a 3ª idade.
Mercado de trabalho Creches; escolas; escolas especiais; clínicas multidisciplinares; consultórios; clínicas geriátricas; postos de saúde; hospitais; empresas
Na psicologia do Esporte:
Falando um pouco sobre as áreas de atuação do psicólogo do esporte, são elas:
- Esporte escolar: visa a análise e compreensão dos processos de ensino, formação e educação da criança. O psicólogo funciona como um mediador na relação e interação professor/aluno/pais;
- Esporte recreativo ou de tempo livre: busca o estudo e intervenção sobre a prática de atividades físicas desenvolvidas em tempo livre, visando à análise do comportamento recreativo dos grupos de diferentes faixas etárias;
- Esporte de alto rendimento: visa basicamente a atuação sobre os fatores que influenciam diretamente na questão da performance e desempenho do atleta e/ou equipe. Cabe ao Psicólogo observar as condições institucionais, grupais e individuais;
- Projetos Sociais: é necessário conhecer as questões culturais da instituição, para que se possa avaliar e desenvolver noções básicas de cidadania, dentro da demanda da instituição.
-Reabilitação: é voltada para a prática de atividade física esportiva para indivíduos com certas limitações (ex: atleta lesionado). Tem como finalidade principal, a promoção da saúde do indivíduo. A idéia é proporcionar a regulação psíquica do indivíduo através da conduta esportiva.

Nupsea